Perfeccionismo é ruim?

perfeccionismo

Certa vez li que há dois P mortais em busca da de produtividade: procrastinação e perfeccionismo. Vamos falar sobre o último – o que é tão ruim em querer fazer as coisas perfeitas?

O perfeccionismo convence você de que as coisas devem ser absolutamente, positivamente corretas. Este mito só existe em alguma terra distante em que até mesmo o mais recente sistema operacional da Microsoft é perfeito. A última vez que verifiquei, o mais recente sistema operacional da Microsoft, mesmo com vários milhões de testadores beta, está longe de ser perfeito. As coisas têm que ser feitas bem, mas raramente têm que ser perfeitas.

Primeiro passo: aceitar algumas falhas e perceber que o momento é importante no trabalho – se o seu momento e energia estão ficando atolados pelo perfeccionismo, ande pra frente e guarde a crítica para mais tarde.

O perfeccionismo o paralisa ao ponto de não querer enfrentar projetos importantes. Uma vez adiei a tarefa simples de completar um contrato, porque eu não gostava do pessoal do contratante, eu sabia que eles eram desorganizados. Quais os projetos que você tem adiado por não conseguir executá-los perfeitamente?

Passo dois: praticar o hábito do próximo pensamento de ação e estar sempre trabalhar no próximo passo.

O perfeccionismo pode te tornar uma pessoa difícil de lidar. De verdade – ninguém gosta de um sabe-tudo e na maioria das vezes aqueles que devem ter as coisas perfeitas são francamente irritantes.

Passo três: não se leve tão a sério. Todos nós temos que trabalhar em equipe. Então relaxe e aceite algumas falhas em si mesmo e nos outros.

Esforçar-se pela excelência o motiva; Lutar pela perfeição é desmoralizante. Harriet Braiker

Ninguém é perfeito … é por isso que os lápis têm borrachas. Autor Desconhecido


Also published on Medium.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *